Scroll Top

Câncer de Pênis

Câncer de pênis

Câncer de Pênis

 

Câncer de pênis ou carcinoma peniano é relativamente raro.

Corresponde a aproximadamente 2% do total de casos de tumores malignos na população masculina brasileira.

Talvez seja esse o motivo de ser um tipo de câncer pouco discutido e um tanto marginalizado…

…Principalmente porque sua ocorrência se deve às condições ruins de higiene e saneamento básico em que grande parte das pessoas vivem.

Na maioria dos casos, os pacientes são de classes sociais mais baixas…

Muitos vivem na miséria, sem alcance a informação e muitas vezes ao tratamento.

É um tipo de doença que poderia ser praticamente extinta, caso houvesse mais inclusão social e acesso às informações.

 

 

Algumas considerações antes de falarmos do Câncer de Pênis Especificamente.

 

O câncer ou neoplasia se caracteriza como sendo a formação desordenada de um tumor maligno no organismo de uma pessoa.

Essa formação é composta por células que invadem tecidos e órgãos.

Essas células dividem-se rapidamente, são agressivas e incontroláveis.

A doença pode levar à morte se não for tratada.

Quando uma pessoa desenvolve o câncer, corre um risco muito grande de sofrer metástase.

Metástase = (mudanças de lugar, transferência) é a formação de uma nova lesão tumoral a partir de outra, mas sem continuidade entre as duas. Isto implica que as células neoplásicas se desprendem do tumor primário, caminhando através do interstício – ganham assim uma via de disseminação – sendo levadas para um local distante onde formam uma nova colônia neoplásica. (Wikipédia)

Ainda existe a formação de tumores benignos, em que as células não são tão agressivas e também são mais lentas.

Nesse caso, os médicos nem consideram que seja câncer…

…Mas há a possibilidade desse tumor se transformar em maligno, por isso precisa ser tratado o quanto antes.

De qualquer forma, os tumores benignos não oferecem risco de vida, mas os malignos sim.

A metástase acontece quando essas células malignas caem na corrente sanguínea do indivíduo.

Uma vez que isso acontece, outro tumor pode se formar em qualquer lugar do corpo.

Por isso, os pacientes mesmo depois de curados precisam fazer exames a cada seis meses para prevenir o avanço de possíveis novos cânceres.

Existem vários tipos de câncer, e eles correspondem aos diversos tipos de células do corpo.

Como exemplo, se o câncer começa nos tecidos epiteliais, ele se chama carcinoma.

Em contrapartida, se começa nos tecidos conjuntivos como os ossos e a cartilagem, é chamado de sarcoma.

 

 

Fatores de Risco do Câncer de Pênis.

 

Devida a raridade da doença, é difícil saber exatamente porque ela aparece.

Porém, existem algumas atitudes que devem ser evitadas para promover a prevenção, melhorando a qualidade de vida dos homens.

Alguns exemplos são:

  • tratar de fimoses, principalmente aquelas que impedem a exposição da glande e
  • evitar o acúmulo do esmegma (esmegma é aquela secreção branca resultante da descamação celular).

Fazer uma boa higiene genital e manter-se informado de novas doenças, cuidados com o corpo e higiene em geral… Também são maneiras de não deixar os fatores de risco influenciarem no surgimento do câncer de pênis.

A situação socioeconômica de uma pessoa também pode influenciar no desenvolvimento de um câncer…

…Principalmente se a higiene é precária e se a região onde essa pessoa mora não conta com saneamento básico, por exemplo.

A infecção causada pelo HPV pode estar relacionada com as causas de tumores no pênis, então não bobeie: se pegar um HPV trate logo e evite complicações.

 

 

Sintomas

 

Um dos sintomas mais comuns é o aparecimento de pequenas feridas vermelhas na glande ou no corpo do pênis que não cicatriza nunca.

Além dessa ferida no pênis também pode aparecer um nódulo que pode estar :

  • na glande,
  • no prepúcio peniano (aquela pele que fica na parte superior do pênis) ou
  • no corpo do pênis.

Essas lesões não costumam doer, o que pode atrapalhar no diagnóstico precoce.

Então, fique atento a manchas ou feridas na glande e ou no prepúcio.

Se identificar qualquer anormalidade no corpo do pênis, corra para o médico e não se acanhe em mostrar para uma melhor avaliação e diagnóstico.

Poderá até ser algum pequeno problema não relacionado a câncer peniano e fácil de curar.

Mas, para que correr o risco, não é mesmo?

Outros sintomas aparentes são:

  • manchas esbranquiçadas na glande e
  • perda de pigmentação,
  • esmegma com cheiro muito forte e os
  • gânglios inguinais inchados (eles ficam na virilha).

Existe uma doença chamada eritoplasia de Queyrat ou doença de Bowen, em que aparecem placas de cor vermelha bem viva e bem contornadas.

Essas lesões são consideradas pré-malignas as quais podem evoluir para câncer de pênis.

 

 

Diagnóstico

 

Para descobrir se o que você tem é realmente câncer de pênis, o médico fará o exame clínico e uma biópsia.

Estes exames são fundamentais para descobrir de fato o que está acontecendo.

Quanto mais cedo os exames forem feitos, melhor será a resposta ao tratamento.

Muitas vezes, por falta de informação ou vergonha, constrangimento, qualquer coisa assim, os homens demoram para procurar um atendimento.

Em consequência disso, deixam de tratar uma doença que pode ter cura.

 

Câncer de Pênis é uma doença rara que poderia não existir com medidas de prevenção muito simples. Click To Tweet

 

Prevenção

 

A prevenção é a mais simples que você possa imaginar.

Higiene diária com água e sabão, principalmente na hora do banho e após relações sexuais…

…Tratar da fimose quando a pele do prepúcio não deixa que a exposição da glande aconteça, além de uma boa higiene dessa região também.

Afora essas duas recomendações, usar preservativo na hora de ter uma relação sexual também é primordial, especialmente quando é uma relação casual em que você não conhece muito bem a parceira ou o parceiro.

As doenças não têm uma “cara” então não necessariamente para prevenir só o câncer de pênis, mas também outras doenças como AIDS, HPV, e tantas outras, sexualmente transmissíveis.

 

câncer de pênis
                   Higiene é a melhor prevenção do câncer de pênis

 

Tratamento

 

O tratamento vai variar de acordo com o estágio da doença.

Nas lesões que ainda estão no começo do desenvolvimento é possível fazer cirurgia para remover o tumor… Ou então utilizar o laser e fazer uma ressecção.

O mais importante é evitar que essa cirurgia impeça as funcionalidades do órgão.

É possível que o médico tenha que remover o pênis por completo e também os gânglios inguinais, caso a doença esteja num estágio muito avançado.

Por isso, repito: corra para o médico quando perceber algo diferente no pênis, para evitar maiores conflitos mais tarde.

 

 

Algumas recomendações
Câncer de pênis

Câncer de pênis

É interessante ensinar as crianças desde seus primeiros anos de vida a fazer uma higiene correta da área genital… Tanto meninos quanto meninas.

Além disso, a cirurgia para remoção da pele do prepúcio é rápida e não requer nem internação.

Essa pele dificulta a higiene e os homens que não a tem podem realizar uma limpeza mais eficiente.

Verificar pelo menos uma vez na semana por lesões ou manchinhas na área do pênis é uma boa maneira de fazer um autoexame.

E se por acaso encontrar, não adie a ida ao médico e sempre use camisinha na hora das relações sexuais.

 

 

 

 

loading...

Sobre o autor | Website

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.