Scroll Top

O Pompoarismo – A Técnica Dos Prazeres Intensos

O Pompoarismo - A Técnica Dos Prazeres Intensos No Sexo

O Pompoarismo – A Técnica Dos Prazeres Intensos No Sexo

O Pompoarismo é uma técnica que surgiu no sul da Índia entre praticantes de yoga, os exercícios eram passados de mãe para filha, de maneira a ensinar para a jovem o funcionamento do seu corpo.

Pompoar significa sugar, são exercícios de contração e relaxamento dos músculos pélvicos que levam ao fortalecimento desses músculos ao ponto de proporcionar prazeres indescritíveis a mulher e seu parceiro durante o sexo, em consequência da capacidade que a mulher passa a ter em contrair os músculos da vagina.

Na sociedade ocidental temos muitas dificuldades para falar sobre sexo, o tema é visto como um tabu. Não se deve falar, compartilhar experiências e nem mesmo buscar ajuda ou orientação quando necessário.

A Organização Mundial da Saúde aponta que as dificuldades no campo da sexualidade constituem um quadro propício a outros quadros patológicos, como estresse, depressão, ansiedade, etc. Atualmente o pompoarismo vem ganhando espaço na nossa sociedade mas ainda timidamente.

A sexualidade feminina é ainda mais negligenciada como tema de saúde, muitas mulheres sofrem de disfunções sexuais, como vaginismo, frigidez, dispaurenia ou anorgasmia.

Pouquíssimas procuram ajuda médica e muitas vezes quando procuram encontram profissionais despreparados para avaliar as dificuldades. A prática do pompoarismo em muito auxiliaria na solução desses problemas.

Já a  medicina oriental tem sido mais bem sucedida em lidar com a sexualidade de maneira mais ampla, considerando que prazer está intrinsecamente ligado a saúde global.

Um exemplo desse avanço são as técnicas milenares de pompoarismo, um tipo de exercício em que a musculatura do assoalho pélvico é trabalhada através de técnicas simples que incluem movimentos de contração e sucção.

O Pompoarismo e prazer

 

O pompoarismo tornou-se uma prática popular no ocidente com as pessoas buscando a obtenção do prazer sexual do casal através das técnicas do pompoar.

A popularização foi tão grande que hoje na Tailândia há shows onde mulheres mostram o domínio das técnicas abrindo garrafas ou cuspindo bolinhas com a vagina.

Depois da década de 50, pesquisadores da área médica começaram a estudar as técnicas de pompoar e observaram que tais exercícios contribuem positivamente para a saúde da mulher, previnem incontinência urinária, anorgasmia, vaginismo, prolapso do útero e da bexiga, entre outros benefícios.

Tudo indica que a simples conscientização da mulher em relação ao seu corpo já é um fator diferencial para evitar tais disfunções.

A prática dos exercícios combina, aos poucos, o controle da musculatura com o controle da respiração e, como todo músculo trabalhado com exercícios, os músculos pélvicos se tornam mais vigorosos e sensíveis à estimulação.

Desta forma, quanto mais se pratica os exercícios do pompoarismo mais fácil fica praticá-los e mais contrações pélvicas ocorrem durante o orgasmo, um ciclo benéfico para a mulher.

Resumindo, os estudos até o momento comprovaram o que as mulheres orientais já sabiam as técnicas do pompoarismo a séculos e iam passando o conhecimento para suas filhas. Conhecer o próprio corpo contribui para melhorar o prazer sexual assim como melhorar a sua saúde.

Essas técnicas podem ser aprendidas em cursos com acompanhamento de instrutoras, livros e filmes, os exercícios podem ser praticados a qualquer momento em qualquer lugar, em casa as famosas bolinhas tailandesas seriam de grande ajuda. Saber encontrar o ponto ‘G‘ em associação aos exercícios levaria a uma maior intensidade no prazer sexual e a orgasmos múltiplos.

As técnicas do pompoar são conhecidas como:

Revirginar:  forte contração do esfincter vaginal.

Ordenhar: contração individual e sequencial dos anéis vaginais.

Chupitar: movimentos semelhantes ao do bebê ao mamar.

Sugar: mesmo que chupar para dentro.

Massagear: massagens no pênis com variação de intensidade.

Morder: prática para retardar a ejaculação do parceiro.

Guilhotina: aperto muito forte para segurar o pênis dentro da vagina.

Algemar: contração muito forte dos músculos vaginais impedindo a retirada do pênis.

Expulsar: expelir o pênis.

Para quem quer começar a treinar rápido, desenvolver a musculatura pélvica e tornar-se expert em pompoarismo, basta adquirir as opções de produtos para o pompoarismo, as bolas tailandesas e vibrador para pompoar. Todos os recursos necessários para desenvolver a técnica, a  entrega é feita em embalagem discreta e segura.

Já para que busca tornar-se uma especialista na arte do sexo, sedução  desenvolver potenciais magnéticos de atração, sugiro que veja as dicas da Vanessa de Oliveira. Maior especialista nesses assuntos no Brasil. Veja vídeo abaixo.

Ou então assista a este vídeo para conhecer a especialista em pompoarismo, Eliane Santana.

 

 

loading...

Sobre o autor | Website

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

3 Comentários

  1. Elaine disse:

    nossa adoreiii você rsrsrsrs rir litros , você é demais. parabéns pelo o seu blog..
    a partir de hoje sou sua fã.
    bjs.

  2. Cris disse:

    Ando á algum tempo pesquisando maneiras de levar uma mulher a ter orgasmo, e ao saber disso posso ensinar a ela, para que possa me beneficiar disto também XD……

  3. kely disse:

    Ola, adorei o artigo sobre pompoarismo, to louca pra comecar a praticar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.