Scroll Top

O que pode causar inflamação na coluna?

Inflamação na coluna,espondilite anquilosante,coluna dorsal, dor na coluna dorsal

O que pode causar inflamação na coluna

 

São vários os motivos para que haja uma inflamação na coluna, mas o grupo das espondiloartropatias é o mais importante.

Dentro desse grupo há uma série de doenças que agem de formas diferentes na coluna de uma pessoa – e podem causar problemas sérios.

No artigo de hoje vamos entender melhor cada uma delas, seus nomes esquisitos e como funcionam.

Basicamente, todas são diferentes mas têm pontos em comum: todas elas atingem determinada parte da coluna vertebral.

 

 

Inflamação da coluna por Espondilite Anquilosante

 

Trata-se de uma doença inflamatória crônica, que pode atingir outras partes do corpo, mas sobretudo a coluna vertebral.

Se não tratada, a espondilite pode fazer com que a coluna perca funcionalidade e enrijeça.

A doença também pode comprometer as articulações periféricas, como os joelhos, tornozelos e ombros por exemplo.

A inflamação na coluna é geral, ou seja, o problema acomete a totalidade da região, com foco nos tendões e ligamentos.

Causa também o que se chama de ossificação abaixo dos ligamentos, em que desenvolvem-se pontes ósseas entre as vértebras.

Por causa disso ocorre o enrijecimento da coluna, que precisa ser tratado o mais rápido possível.

 

Inflamação na coluna por Espondilite Anquilosante

Inflamação na coluna por Espondilite Anquilosante

 

 

Aspecto de bambu

 

Acontece mais com os homens, numa proporção de cinco para um.

Acomete os pacientes entre 16 e 30 anos, mas existem casos que aparecem na primeira infância também.

Tudo começa com dor nas costas que pode até ser ignorada, por não ser muito intensa nem grave.

Quanto mais a pessoa se movimenta melhor, e quanto mais fica parada, mais dói.

Pode ser que venha na forma aguda, já causando uma inflamação na coluna de difícil localização.

A intensidade da dor varia bastante, e geralmente fica pior à noite e de manhã, ou depois de períodos de longo repouso.

Exercícios e água quente parecem melhorar o quadro e a rigidez vertebral pode permanecer por vários meses.

É possível apresentar problemas em simplesmente levantar da cama, e também acorda-se muito durante a noite por causa da dor.

Pode estender-se à coluna cervical e dorsal, ou se restringir em determinada região.

Outros sintomas que precedem ou ocorrem ao mesmo tempo que a algia na lombar são:

  • uma febre leve,
  • falta de apetite,
  • fraqueza ou
  • fadiga muscular.

O aspecto de bambu pode acometer outros órgãos e sistemas, como:

  • os olhos,
  • os pulmões,
  • os intestinos e mais raramente
  • o coração.

 

 

Como tratar a inflamação na coluna

 

Um diagnóstico precoce e correto tem a capacidade de proporcionar uma qualidade de vida satisfatória para o paciente.

Já que o tratamento farmacológico visa a intervir precocemente na inflamação e tem como objetivo diminuir a dor e evitar sequelas.

O foco é prevenir a inflamação, tratar a dor e impedir a evolução da doença…

…Além de recuperar a condição física do paciente.

Divide-se em dois a recuperação física; motora e respiratória, principalmente.

Os exercícios livres de impacto são os mais recomendados, como a natação e a hidroginástica por exemplo.

Se o paciente fuma, sentimos informar que precisará largar o vício, porque a expansão do tórax fica prejudicada com a doença.

Logo, qualquer ajuda e atitude do paciente é bem vinda para melhorar o próprio quadro.

Quer aprender formas de alivio nas dores  da coluna sem tomar remédios?

Tem um mini tratamento online que é incrível e gratuito. Você vai gostar!

Experimente AQUI!

 

 

 

loading...

Sobre o autor | Website

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.