Scroll Top

Tratamento, definição e estatísticas da Gonorreia

gonorreia sintomas da gonorreia em homens e mulheres

sintomas da gonorreia em homens e mulheres

 

Para manter a sua vida sexual sempre saudável é fundamental que se proteja adequadamente.

Ainda mais em dias atuais onde não é raro encontrar homens e mulheres sofrendo com algum tipo de DST – Doenças Sexualmente Transmissíveis.

Certamente, você conhece o quão a AIDS está se expandindo.

Mas, não é só ela que cresce, a Gonorreia está também atingindo um grande número de pessoas.

É preciso que você saiba dos cuidados que deve ter para também não ser atingido por ela.

Será que você tem tomado as devidas precauções?

Você está se protegendo contra possíveis infecções?

Como está sendo a sua vida sexual?

Quem são os seus parceiros?

Aqui neste post você descobrirá o que é, quais os sintomas da gonorreia, tratamentos para homens e mulheres e estatísticas no mundo e Brasil.

 

 

 

O que é e quais são os sintomas da Gonorreia?

 

É uma bactéria (vírus) por nome de Neisseria Gonorrhoeae transmitida de pessoa a pessoa pelo ato sexual. (vaginal, oral e anal).

Sendo assim, ela se enquadra entre uma das Doenças Sexualmente Transmissíveis – DST.

Se você tem relações sexuais com vários parceiros ou não faz uso de preservativo, a tendência é que tenha o maior risco de ser infectado.

Essa infecção tende a ocorrer em áreas quentes e úmidas do corpo, as quais são:

  • Uretra,
  • olhos,
  • garganta,
  • vagina,
  • ânus,
  • órgão reprodutivo feminino (útero, cólon do útero e trompas de falópio).

Uma vez infectado, é essencial que você inicie o tratamento imediatamente.

Já que a cura ocorre de forma rápida quando com a correta medicação e assistência médica.

Por isso, é aconselhável que faça os testes específicos da Gonorréia regularmente, a fim de que possa saber se está tudo bem com sua saúde sexual ou se irá diagnosticar esse vírus.

 

gonorreia-02

Sintomas da gonorreia em homens (e mulheres)

 

 

Sintomas da Gonorreia

 

A gonorreia é uma doença silenciosa que você pode não percebê-la de imediato à sua transmissão.

Muitos homens e mulheres já podem tê-la contraído e não o sabem.

Às vezes, ela só se manifesta após anos estando infectado no corpo.

Apesar de surgir alguns sintomas que apontam para a sua possível transmissão, você precisa fazer os exames anualmente ou quando sentir incômodos não habituais em seu corpo.

É importante lembrar que se você possuir gonorreia, mesmo sem sintomas perceptíveis, pode contaminar outras pessoas.

Esse tipo de contágio é chamado de transportadora assintomática, o qual é mais provável de espalhar a infecção para os seus parceiros.

Veja abaixo os possíveis sintomas da Gonorreia tanto em homens como mulheres.

 

 

Sintomas da Gonorreia em homens

 

Os homens podem não apresentar sintomas perceptíveis por muitas semanas.

A verdade é que muitos deles podem nunca nem desenvolvê-los e é nesse aspecto que o perigo se faz presente.

Por outro lado, tipicamente, uma vez que você esteja infectado, ela começa a mostrar sintomas no período de uma semana após a transmissão.

No primeiro momento, de forma perceptível, você poderá ter sensação de queimação ou dor durante micção (xixi).

Com o passar do tempo, outros sintomas poderão surgir, tais como:

  • Maior freqüência ou urgência ao urinar.
  • Dor de garganta persistentemente.
  • Inchaço ou dor nos testículos.
  • Inchaço ou vermelhidão na abertura do pênis.
  • Corrimento pelo pênis na cor branca, bege, amarela ou esverdeada.

A infecção irá permanecer no seu corpo por algumas semanas após os sintomas forem tratados.

O ideal é que o tratamento inicie de imediato.

Em casos raros, a gonorreia pode continuar causando danos ao seu corpo, especificamente, na uretra e testículos.

A dor também pode se espalhar para o reto (última parte do intestino grosso).

 

 

Sintomas da Gonorreia em mulheres

 

Se você, mulher, estiver infectada com Gonorreia, em muitos casos, não terá qualquer evidência desenvolvida.

Se caso surgir algum sintoma, tende a ser leve ou semelhante a outras infecções tornando, assim, mais difícil de identificar.

Assim, caso apareça algo semelhante à infecção bacteriana ou fungo vaginal é bem provável (não exato) que tenha contraído a Gonorreia.

Outros sintomas:

  • Corrimento vaginal de cor aquoso, cremoso ou ligeiramente verde.
  • Dor ou ardor ao urinar.
  • Necessidade de urinar com mais freqüência.
  • Dor de garganta.
  • Dor ao se envolver em relações sexuais.
  • Dor aguda na parte inferior do abdômen.

Caso sinta quaisquer uns dos sintomas descritos acima, procure atendimento médico o quanto antes!

É importante informar para você que em casos mais graves, ela se constitui como a principal causa da DIP – Doença Inflamatória Pélvica.

Também poderá causar infertilidade e até o risco de contrair HIV/AIDS.

Por isso, você deverá combater mediante o correto tratamento para que não incorra a esse nível.

 

gonorreia

 

Tratamento da Gonorreia

 

Atualmente, a OMS – Organização Mundial da Saúde informou em nota algumas alterações do tratamento com medicações para a Gonorreia e outras DST`s, o que tende a especular que ela poderá se tornar intratável no futuro.

Isso ocorreu pelo fato de ser cada vez maior a resistência aos antibióticos para o tratamento de pelo menos 3 DST`s, sendo a Gonorreia uma delas.

Eles já não estão conseguindo matar a bactéria como tempos passados, o que gera uma preocupação maior em você preveni-la e combatê-la o mais cedo possível.

Algumas medidas podem ser tomadas para o tratamento de Gonorreia em homens e mulheres.

Veja abaixo!

 

 

Tratamento da Gonorreia em homens e mulheres

 

Os antibióticos modernos podem curar a maioria das infecções de gonorréia.

A maioria dos estados brasileiros também fornece diagnóstico preciso e tratamento gratuito pelo SUS.

Você poderá tratar e curar a gonorréia mediante o diagnóstico positivo.

Uma vez que você seja diagnosticado com essa DST, o tratamento pode ocorrer de maneira eficaz por meio de antibióticos dados em doses únicas.

Quanto mais cedo ela for identificado, mais rápido ocorrerá sua cura.

Os principais antibióticos prescritos que atuam eficazmente para matar essa bactéria são:

  • Doxiciclina
  • Azitromicina
  • Ceftriaxona
  • Cefixima

A recomendação médica é que identificará qual o melhor antibiótico para o seu tratamento da Gonorreia, visto que nestes últimos dias tem se mostrado resistente.

Por conta disso, siga as instruções e prescrições do médico corretamente e fielmente.

Ao fazê-lo, sem dúvida, obterá a cura dessa doença.

 

 

Prevenção da Gonorreia em homens e mulheres

 

A única forma de você prevenir seguramente a Gonorreia é por meio da abstinência das relações sexuais ou mantê-la somente com um único parceiro ou parceira, se este também se mantiver fiel.

Também poderá se prevenir com o uso de preservativo, mas não são 100% seguro.

Se o seu parceiro ou parceira está mostrando sinais de uma possível infecção, então, evite qualquer contato sexual.

Peça-lhes para procurar atendimento médico para descartar qualquer possível infecção que possa ser passada adiante.

 

 

Qual é a relação entre a Gonorreia e Clamídia?

 

Você já deve ter se confundido com a semelhança da Gonorreia e Clamídia, então, aqui terá uma pequena explanação para tirar a sua dúvida.

De acordo com o Dr. Graham Rogers, médico especialista, a Gonorreia e clamídia são bactérias que causam doenças sexualmente transmissíveis.

Os fatores de risco são as mesmas para ambas as infecções e causam sintomas semelhantes.

As complicações de clamídia são muito semelhantes aos da Gonorréia, exceto que a Clamídia é muito menos susceptível de afetar diferentes locais do trato reprodutivo.

O diagnóstico e o tratamento são praticamente os mesmos.

Se você acha que pode ter uma DST, você deve se dirigir a um profissional de saúde.

Eles podem determinar qual o tipo, realizando testes em você.

 

 

 

Estatísticas da Gonorreia no mundo

 

A incidência sobre Gonorréia no mundo está alarmante devido ao aumento de sua infecção, principalmente, nos jovens entre 15 a 24 anos.

De acordo com a OMS – Organização Mundial da Saúde estima-se que 78 milhões de pessoas são infectadas com a gonorréia a cada ano.

 

 

Estatísticas no Brasil

 

No Brasil, a Gonorreia está crescendo também existindo cerca de 200 milhões de novos casos a cada ano.

Um dado extremamente alarmante e que está gerando grande preocupação por parte das autoridades governamentais e área médica.

Tanto que você pode perceber que estão investindo em como melhor prevenir você e a população.

Conforme informa a OMS – Organização Mundial da Saúde, a estimativa de pessoas infectadas pela Gonorréia atinge 1.541.800 (2016).

 

 

 

Estatísticas em Portugal

 

É interessante você saber sobre a Europa, especificamente, Portugal, pois é uma das regiões que mais tem se propagado a Gonorreia.

A estimativa da Gonorreia em Portugal já a colocou como o segundo país com mais pessoas infectadas entre os anos de 2008 e 2009 comparando com outros países europeus.

Embora não haja informações precisas do número de infecções atualmente, essa DST continua crescendo no país e preocupando a saúde pública.

A incidência anual em Portugal de pessoas infectadas atinge pelo menos 31 mil casos de Gonorréia.

Já a prevalência não diagnosticada atinge quase 16 mil casos de pessoas infectadas por essa DST.

Esses dados foram obtidos pela CDC – Centers for Disease Control and Prevention e NIAID – National Institute Of Allergy and Infectious Diseases apenas como estimativas, mas não existe um número preciso para tal levantamento.

 

loading...

Sobre o autor | Website

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.