Clamidiose calopsita: uma questão de saúde familiar

Clamidiose calopsita

Clamidiose calopsita

 

Clamidiose calopsita, doença da calopsita.

Cada vez mais os animais exóticos têm agradado às famílias que desejam ter um bichinho de estimação e a calopsita está entre as preferidas.

Mas poucas são as pessoas que efetivamente cuidam da saúde de seus pets… Procurando informações que evitem qualquer tipo de problema tanto para o animalzinho quanto para a família.

Este é o caso da clamidiose calopsita, também conhecida como psitacose ou febre dos papagaios que está presente, é claro, nas calopsitas.

A clamidiose é uma doença que acomete diversos animais, entre eles as calopsitas, tão queridas pelas pessoas por serem altamente sociáveis.

A clamidiose calopsita é uma doença infecciosa que se instala no animal devido às condições de criação, manejo ou transporte do animal… Deixando-o debilitado e suscetível a outras doenças, pois seu sistema imunológico fica deficiente.

 

 

[fb_button]

 

Calopsita transmite doença ?

 

Além de afetar a calopsita, a clamidiose pode ser contraída pelas pessoas que com ela convivem, causando grandes transtornos à família.

O ser humano contrai a clamidiose calopsita pelo contato direto com a Chlamydophilapsittaci, a bactéria responsável por adoentar a calopsita.

Este contato pode se dar através da inalação do microorganismo, que sobrevivem por mais de um mês em ambiente externo…

…Seja nas fezes da calopsita ou no ambiente em que ela fica.

O pó contaminado, quando inalado, desencadeia a infecção, que geralmente possui sintomas de gripe…

…Podendo evoluir para quadros mais graves da doença.

Outra forma de contaminação é a alimentação da calopsita feita diretamente da boca do proprietário no bico da ave…o que pode ocasionar ainda outras doenças além da clamidiose .

A clamidiose geralmente se apresenta de forma branda em humanos.

Mas pode ser potencialmente perigosa para pessoas que possuem o sistema imunológico deficiente.

Com consequência, pode provocar:

  • pneumonia atípica,
  • sinais neurológicos causados por meningite e
  • lesão renal e
  • hepática.

Além disso, pode acometer outros órgãos sistêmicos, ocasionando:

  • endocardite,
  • miocardite, hepatite,
  • artrite,
  • ceratoconjuntivite e
  • encefalite.

 

[fb_button]

 

Clamidiose Calopsita
Anatomia da Calopsita

 

 

[fb_button]

 

Pessoas que possuem contato regular com calopsitas – mesmo que estas não se apresentem doentes – devem procurar um médico imediatamente se constatados os seguintes sintomas:

  • Febre;
  • Calafrios;
  • Dor de cabeça;
  • Fraqueza;
  • Fadiga;
  • Sinais de doença respiratória.

 

[fb_button]

Clamidiose calopsita: tratamento

 

Constatando-se a infeção por Chlamydophilapsittaci, o paciente recebe tratamento com antibióticos, os quais são bastante eficazes contra a doença, voltando a ter uma vida plenamente normal após a convalescença.

Existem relatos de transmissão de clamidiose entre humanos, contudo ainda não há comprovação científica de que haja mesmo esta transmissão.

 

Prevenção.

Para prevenir a infecção por clamidiose calopsita, ao adquirir uma ave para convívio familiar, é preciso levá-la ao veterinário para que seja realizado o teste de clamídia e verificado se ela possui algum sintoma da doença.

Cuidados com o ambiente em que a calopsita fica, limpeza de gaiolas, comedouros e outros fatores de higiene, como lavar sempre as mãos antes e depois de manuseá-las são alguns cuidados que a família deve ter para garantir a saúde de todos, inclusive da calopsita.

Nunca alimentar a calopsita diretamente da boca para o bico e oferecer alimentação balanceada e saudável para a ave também garantem qualidade de vida e saúde a toda a família, evitando problemas futuros.

 

A calopsita possui uma natureza muito delicada, inteligente e curiosa. Isso faz com que seja domesticada muito facilmente.

Para que seu animalzinho de estimação seja sempre saudável de forma que as crianças possam cuidar com segurança, é necessário que conheça técnicas de criação e manuseio deste animal para uma vida saudável.

Para saber como cuidar da sua calopsita para mante-la saudável e bem domesticada, sugiro que conheça esses métodos indicados AQUI!!!

 

[fb_button]

Sobre o autor | Website

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

13 Comentários

  1. Franci disse:

    Olá a minha colapsita a ainda é filhote , e ela esta com um caroço grande perto do rabo o que deve ser por favor vcs pode me ajudar, obrigado!

  2. Fernando Cesar Soares disse:

    Boa tarde.
    Minha Calopcita amanheceu encolhida,ficando com a cabeça virada para um lado sob a asa. Está se alimentando muito pouco.

  3. Daiana disse:

    Gestante tem que se preocupar com esse contato entre as aves? Essa doença por ela transmitida pode ser prejudicial ao feto?

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
Your SEO optimized title page contents