SAIBA QUAIS SÃO AS 5 DOENÇAS OCULARES MAIS COMUNS

doenças oculares mais comuns

doenças oculares mais comuns

Conheça 5 doenças oculares mais comuns. Suas causas, implicações e tratamentos disponíveis que podem te devolver a qualidade de vida

 

Tão importante quanto cuidar de qualquer outro problema de saúde, a atenção quando se trata da visão é necessária para prevenir doenças pré-existentes ou evitar o agravamento das já diagnosticadas.

Segundo pesquisa do IBGE, cerca de 35,7 milhões de pessoas sofrem de problemas na visão. Muitas das vezes são causados pela falta de acompanhamento médico.

Considerada como um dos principais sentidos humanos, grande parte da população deixa de realizar consultas periódicas ao oftalmologista. Isso, talvez, devido à correria do dia a dia e dando prioridade para outros afazeres.

Entretanto, é essencial conhecer os problemas existentes e seus sintomas. Pois apesar de serem comuns, existem muitas dúvidas que os cercam e ainda deixam os pacientes confusos.

 

DOENÇAS OCULARES MAIS COMUNS (1) – ASTIGMATISMO

DOENÇAS OCULARES MAIS COMUNSDoença comum entre os brasileiros, o astigmatismo atinge grande parte da população brasileira.

Trata-se de uma curvatura da córnea em direção específica, que provoca alterações na visão causando distorção. Tanto para perto, quanto para longe.

Uma córnea saudável, normalmente é redonda. Já a de quem possui o astigmatismo, torna-se oval. Isso implica na forma como o paciente enxerga as coisas, que podem tonar-se além de distorcida, desfocadas.

As principais causas para esta doença são:

  • por herança genética (por quem possui histórico na família) ou
  • traumas oculares (decorrentes de cirurgias, pressão nos olhos, entre outros).

É possível corrigi-la com o uso contínuo dos óculos, lentes de contato. Já para quem possui grau avançado, é indicado o procedimento cirúrgico de refração.

 

 Leia também: Exercícios Oculares Podem Melhorar Sua Visão

 

DOENÇAS OCULARES MAIS COMUNS (2) – CATARATA

Atingindo cerca de 46{cd5cce714008e583051aa84e338332528db81711f13daf38c36d3c83e42f5401} da população mundial, a catarata é uma doença comum entre pessoas acima de 65 anos de idade.doenças oculares mais comuns

Ela ocorre devido à opacidade total ou parcial do cristalino (lente natural do globo ocular). Por consequência, traz como um dos principais sintomas a redução parcial progressiva da visão.

Além disso, quem sofre deste problema, sente-se com a visão nublada, tendo maior sensibilidade à exposição de luz e alteração nas cores.

A catarata pode ser causada por vários motivos:

  • pelo envelhecimento natural,
  • por traumas oculares ou também pode ainda, ser causada
  • por diabetes, doença crônica que provoca altos níveis de açúcar no sangue.

É possível realizar o tratamento através de uma cirurgia que substitui o cristalino por uma prótese, que pode devolver a qualidade de vida do paciente.

 

DOENÇAS OCULARES MAIS COMUNS (3) – CERATOCONE

doenças oculares mais comuns

 

O ceratocone é uma doença ocular onde a curvatura da córnea assemelha-se a um cone, o que causa distorção e diminuição da visão dos portadores.

Comumente encontrada em pacientes que sofrem de algumas síndromes, como o Down, síndrome de Turner, e até mesmo em quem possui quadros alérgicos crônicos.

A combinação de vários fatores podem ser tomados como causas principais para esta doença: mudanças físicas, ou moleculares no tecido corneano, doenças hereditárias ou alergias.

Outro fator que pode ajudar a desenvolver a doença é a coceira, normalmente decorrente de alergias ou irritações, que provocam a pressão e se contínuas, podem aumentar ainda mais a curvatura da córnea.

O diagnóstico precoce para o ceratocone é extremamente essencial, por se tratar de uma doença progressiva, se o tratamento for realizado no início, as chances de proporcionar mais qualidade de vida ao portador, aumentam.

As lentes de contato ou apenas o uso de óculos, nos casos mais leves, podem ajudar a evitar a evolução da doença. Entretanto, para os casos mais avançados, são indicados procedimentos cirúrgicos para estabilizar a doença e corrigir o problema.

 

 

DOENÇAS OCULARES MAIS COMUNS (4) – CONJUNTIVITE

doenças oculares mais comunsProcesso inflamatório que causa irritação nos olhos, a conjuntivite é uma das doenças oculares mais comuns entre a população.

Esta inflamação está associada à presença de vírus ou bactérias que podem ser contraídas pelo ar ou pelo contato com alguém que esteja com a doença.

Normalmente, os sintomas observados são: vermelhidão nas pálpebras, irritação e inchaço, que provocam a coceira e a produção de secreção.

Como não é considerada grave, os tratamentos indicados são apenas a utilização colírios para reduzir o incômodo ou soro fisiológico, para limpar a região e evitar a proliferação das bactérias.

 

DOENÇAS OCULARES MAIS COMUNS (5) – MIOPIA E HIPERMETROPIA

doenças oculares mais comunsNos dois casos, os problemas estão associados ao erro de refração que afeta a visão e são respectivamente:

  • dificuldades para enxergar de longe e
  • de perto.

A miopia ocorre devido à imagem visual não ser focada diretamente na retina e sim na frente dela. Logo, causa diminuição da visão para longe, prejudicando a capacidade visual para realizar tarefas cotidianas.

Ela pode ser causada ao forçar a visão para enxergar as coisas que estão muito próximas. Como exemplo, na leitura de um livro ou na tela do computador.

 

Da mesma forma, acontece com a hipermetropia, entretanto, apenas para objetos que estão muito próximos dos olhos.

No geral, os dois problemas de visão podem ser corrigidos com o uso de lentes de contato ou óculos de grau. Já que cumprem a função de reposicionar a imagem na retina.

Porém, atualmente, a cirurgia refrativa tornou-se mais uma opção para quem quer se ver livre do problema e é possível abandonar os auxiliares e aumentar a qualidade de vida.

 

Leia também: Exercícios Oculares Podem Melhorar Sua Visão

CUIDE-SE

Vale ressaltar, que existem alguns cuidados básicos a serem tomados, a fim de evitar que as doenças oculares se desenvolvam, trazendo problemas graves no futuro.

Deve-se evitar passar muito tempo diante das telas do computador ou dos celulares, por exemplo. Estes podem ser grandes vilões quando o assunto é visão.

Além disso, se qualquer incômodo ou dificuldade para enxergar aparecer, é importante consultar um especialista. Só um profissional estará apto para que o problema seja diagnosticado o quanto antes.

Isso facilita o tratamento e aumenta as chances de cura para a doença. E mesmo que nenhum sintoma apareça, é importante fazer visitas periódicas ao oftalmologista, para prevenir possíveis doenças.

Compartilhar é se importar com quem você gosta. Mostre para uma pessoa que você gosta que se importa com ela.

Compartilhe esse conteúdo!

 

Sobre o autor | Website

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
Your SEO optimized title page contents