Herpes Labial – Tudo para você conhecer herpes tipo 1

Herpes Labial Tipo 1

Herpes Labial

 

 

Eu aposto que você já ouviu falar sobre essa doença ou está sofrendo por causa dos sintomas e por não saber nada sobre a Herpes Labial tipo 1, não é mesmo?

 

Sendo a primeira situação ou a segunda, saiba que a Herpes é mais comum do que você está pensando, pois cerca de 90 % da população mundial convive com esse vírus, mas somente 10 % dessas pessoas não conseguem fazer com que o corpo crie imunidade para, como podemos dizer, adormecer o vírus da Herpes.

 

O que significa que você não precisa ficar preocupado, pois é muito raro de aparecer casos fatais de pessoas que contraíram o vírus, ainda mais sendo do tipo 1.

É uma doença que não possui cura, mas você poderá passar por tratamentos e sempre deixar os sintomas controlados.

Agora que você sabe que não precisará se preocupar tanto assim com a gravidade da doença, que tal continuar lendo esse artigo para entender melhor sobre esse vírus tão comum e ao mesmo tempo tão desconhecido pelas pessoas?

 

 

Entenda o que é a Herpes tipo 1 – Herpes Labial

 

De uma forma completamente resumida e mais simples de ser compreendida: a Herpes é uma doença infecciosa, sem cura e com dois tipos:

  • tipo 1 também chamado de Herpes Labial
  • tipo 2 chamado de Herpes Genital.

 

Porém, vamos dar mais ênfase para a Herpes labial, combinado?

O que me faz lembrar é que mesmo a Herpes tipo 1 sendo associada à boca e regiões próximas, muitas pessoas estão apresentando casos de infecção genital com vírus da Herpes labial.

Mesmo que você pense que é algo impossível, repense!

Está se tornando cada vez mais comum esse tipo de casos com o aumento da prática de sexo oral.

Então eu não preciso dizer o quanto é importante conhecer o seu parceiro(a) antes de qualquer contato mais íntimo, não é mesmo?

 

Herpes Tipo 1 - Herpes Labial

Herpes Tipo 1 -Herpes Labial

 

Quais as formas de contágio mais comuns?

 

A Herpes é uma doença extremamente contagiosa, tanto que o percentual de pessoas que têm o vírus é enorme.

Sendo mais comum a Herpes labial e sua contaminação acontece muito comumente em crianças que estão na época de colocar objetos na boca e compartilhar copos no colégio.

Mas não  pense que só as crianças que estão mais vulneráveis às formas de contaminação. Qualquer pessoa pode ser contaminada facilmente se entrar em contato com as feridas da herpes de alguém. Isso pode acontecer pelo beijo, banheiro e até mesmo pela roupa emprestada.

 

Formas comuns de contágio:

  • Beijo
  • Pelo uso compartilhado de talheres e copos.
  • Uso da mesma toalha.
  • Uso da mesma roupa.

 

Enfim, você pode herpes labial com o contato direto com as feridas da pessoa que possui herpes. Também compartilhar um objeto que tenha sido usado anteriormente por alguém com herpes.

 

Principais mitos por trás da Herpes.

Quando falamos sobre doença altamente contagiosa, é normal que as pessoas fiquem receosas. Veja alguns dos muitos mitos que rodeiam a herpes labial abaixo:

 

  • O gelo acalma a irritação da ferida, mas não têm o poder de parar o crescimento da ferida.
  • Quando a ferida seca, muitas pessoas acham que a transmissão da doença cessa, mas não é verdade, você ainda poderá transmitir.
  • Herpes só ataca as áreas genitais. Bem, vimos nesse artigo que não passa de um mito.
  • Estourar a ferida acaba com toda a irritabilidade e seca mais rápido. Isso não é verdade, a única coisa que acontece é que fazendo isso você terá o risco de adquirir uma infecção secundária.

 

Espero que com a ajuda desse artigo você tenha entendido melhor o que é a herpes labial. Resta tomar os devidos cuidados para evitar o contágio.

Aproveite para compartilhar esse artigo e ajudar as pessoas que, assim como você, sofrem com as feridas provenientes da herpes.

Compartilhar é se importar com quem você gosta. Mostre para uma pessoa que você gosta que se importa com ela.
Compartilhe esse conteúdo!

Se preferir pode deixar um comentário abaixo também!

 

 

Sobre o autor | Website

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

4 × 2 =

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
Your SEO optimized title page contents